Molwickpedia online
 

María José T. Molina

Teoria da Equivalência Global

FISICA E DINÂMICA GLOBAL

Terceira Lei de Newton ou Lei de Ação e Reação

A Terceira Lei de Newton diz que quando uma força atua sobre um corpo, este realiza uma força igual, mas de sentido contrário. Também se denomina Lei de Ação e Reação.

2.c) Terceira Lei de Newton ou Lei de Ação e Reação

Seguindo a Wikipédia, a Terceira Lei de Newton diz-nos que por cada força que atua sobre um corpo este realiza uma força igual mas de sentido oposto sobre o corpo que a produziu.

Se a Segunda Lei de Newton se considera a Lei Fundamental da Dinâmica, por estabelecer o conceito de força como magnitude que relaciona a massa com o movimento, a Lei de Ação e Reação tem um caráter mais técnico e instrumental.

A maçã de Newton  Natureza morta

De fato, a Terceira Lei de Newton ou princípio de ação e reação recorda-me a técnica de contabilidade das partidas dobradas de Luca Pacioli, exposta no seu livro Tractatus particularis de computis et scripturis (1494) e considerado pai da contabilidade moderna. Tanto uma técnica como outra utilizam pares de quantidades iguais que facilitam o cálculo numérico, não particularmente complexo mas sim extenso.

A partida dobrada e a Terceira Lei de Newton sofrem das mesmas deficiências porque subordinam a clareza conceptual às vantagens de ordem prática.

Para citar brevemente uma delas, o sistema de partida dobrada acaba metendo no ativo do balanço das empresas conceitos tão dispares como edifícios, programas informáticos, patentes ou dinheiro. Outra curiosidade técnica é que se acabe contabilizando no conceito de investimentos tanto a construção de uma fábrica como a de um poliesportivo.

Um exemplo figurado da Terceira Lei de Newton seria dizer que se uma pessoa dá uma maçã a outra pessoa, esta lhe devolve uma maçã negativa, pelo que a soma total permanece inalterável e o número de maçãs final de cada pessoa corresponde indubitavelmente à realidade observável.

consequentemente, não se pode argumentar que não seja certa e útil a Lei de Ação e Reação. Não obstante, eu ainda não vi nunca nem pude imaginar uma maçã negativa. Os objetos negativos não existem no meu mundo. Da mesma forma, poderia afirmar que as forças negativas não existem, salvo que tenham caráter convencional ou puramente matemático.

Esta característica instrumental das forças de ação e reação da Terceira lei de Newton coloca dois problemas que podem chegar a ser complicados:

  • Com a passagem do tempo e a fixação profunda de conceitos tão elementares, o cérebro humano pode chegar a pensar na existência física dos pares de forças de ação e reação a que se refere essa lei. E, o que é pior, por extensão, chegar a pensar na existência de energias negativas e inclusivamente de massa negativas.

    Mais ainda se para além disso a doutrina ortodoxa da física oficial define a energia potencial de forma negativa e certos tipos de massa se denominam anti-matéria.

  • Em modelos com numerosos jogos de forças acaba por não se distinguir muito bem que forças são reais ou implicam mecanismos físicos e quais são convencionais.

Não há que esquecer que magnitudes como velocidade, força ou energia são meras propriedades da estrutura reticular da gravidade (globina) nas suas diversas manifestações ou estados físicos. Conseguintemente, em todos os casos de forças reais, o que se está produzindo é uma transferência de energia ou alteração das propriedades elásticas da globina.

Outro problema importante da Terceira Lei de Newton ou Lei de Ação e Reação é a necessidade de criar forças fictícias independentemente das puramente matemáticas mencionadas anteriormente.

O próprio Newton tinha consciência destes problemas, mas reconhecia que a ciência não tinha o desenvolvimento suficiente para aprofundar os conceitos físicos que segundo ele permaneciam ocultos. Por outras palavras, Newton assinalava que não gostava das forças à distância, típicas da sua Lei de Gravitação Universal.

Em todo o caso, sinto-me obrigado a deixar explícito o meu agradecimento a Newton pela Lei de Ação e Reação e pela sua postura de procurar explicações de natureza física e com bom senso às forças da gravidade, por ter-me ajudado a descobrir que não estava sozinha num mundo em que quase ninguém sabe nem responde; e o resto, o que não estica o tempo, inventa novas e vibrantes dimensões, alimenta-se de maçãs negativas ou vai e vem a outros mundos ou universos paralelos.

De outra perspectiva, a Terceira Lei de Newton reflete algo parecido ao Princípio de Conservação Global, que nos dá a ideia de que a energia nem se cria nem se destrói, só vacila.

Com um ponto de vista científico, não pode haver intercâmbio entre o real ou físico e o imaginário ou abstrato; por muito que se possa chegar a confundir um conceito com outro. Igualmente, não se acaba o mundo objetivo com a morte de uma pessoa. Também não acredito que se acabe o seu mundo espiritual, mas isso é mais filosofia do amor do que ciência física.

 

© 2008 Todos os direitos reservados