Molwickpedia online    
Molwickpedia online
Menina em um sofá com duas bonecas
HISTÓRIAS DE NINAR

CONTOS INFANTIS CURTOS

María José T. Molina
Molwickpedia online
 
Einsotro com brinquedos na piscina
 
 
 

ELEMENTOS E CARACTERÍSTICAS

Esta pequena coleção reúne um conjunto de contos inventados e personalizados para uma adequada preparação de crianças na hora de dormir, na sua maioria baseados em histórias verdadeiras.

Uma primeira observação da análise é que se incluíram artigos que estavam dispersos pelos livros de ciência. Em concreto há um conto de terror, outro de medo e mistério, os contos chineses muito curtos para pensar e uma história verdadeira sobre o conceito de inferno; contudo, não supõem nenhuma ameaça emocional para os meninos e meninas.

Menina em um sofá com duas bonecas

A exposição em linha permite dedicar-lhe a cada um uma página Web com um pequeno comentário ou análise das características, elementos e personagens.

Vejamos em seguida um resumo das características principais e mais comuns.

  1. Contos de amor.

  2. Uma característica comum é conterem relatos ou contos de amor, ainda que nem sempre pareça à primeira vista. O amor é o contexto ou fundo que dá coesão a todas as histórias, à sua interpretação e assimilação, inclusivamente é uma ferramenta necessária para compreender os maus.

    As crianças detectam se os relatos e lendas lhes são contados pelas pessoas ou estão reproduzidos noutros meios. Apreciam o esforço e chegam a entender que nem sempre é possível dedicar-lhes todo o tempo que seria desejável.

    A aprendizagem, as experiências e os sentimentos dos meninos e meninas quando ouvem um relato sentirão com mais intensidade esse elemento fundamental que é o amor se estiverem em companhia de seres queridos e se encontrarem a salvo física e emocionalmente.

  3. Contos para dormir.

  4. Os contos com final feliz para bebês e crianças pequenas são ideais para dormir na forma de relatos falados, uma vez que os põem num estado de relaxamento ideal para um repouso agradável e um adequado funcionamento do cérebro infantil neste estado.

    Convém assinalar nos contos para ir dormir, inclusivamente nos muito curtos, frequentemente o menino ou menina dormem antes de acabar o conto. Adormeceram num mundo de fantasia no qual provavelmente incorporaram novos elementos ao roteiro.

    Outra característica típica é a participação ativa dos meninos e meninas no relato da história. As palavras não terminadas convidam os meninos e meninas a terminá-las. Obviamente, a participação no conto tem que se ajustar às possibilidades e desejos dos destinatários e é um dos elementos dos contos personalizados.

    A análise do efeito que têm os contos nas crianças antes de dormir é interessante, pois pode chegar a ser totalmente impressionante. Por exemplo, normas que se tentam explicar durante meses e que não se conseguem impor, podem ser aceites por um relato para ir dormir numa só noite, se se despersonaliza a mensagem devidamente ou se se inverte a situação ativa-passiva das personagens em relação à norma exposta e às suas implicações.

    Um elemento importante é que os meninos e meninas tenham a oportunidade de escolher ou conto para dormir ou que a sua opinião seja tomada em conta frequentemente.

  5. Contos infantis curtos.

  6. Ainda que os contos infantis grátis sejam muito breves, a extensão permite fixar alguns objetivos concretos. Normalmente serão objetivos muito elementares, mas suficientes para os meninos e meninas aos que vão dirigidos.

    São contos para meninos e meninas pequenos, de 2 a 7 anos aproximadamente, por isso o estilo do relato falado é muito simples em várias ocasiões, com frases muito curtas e ideias bastante elementares.

    Em alguns casos concentram-se em determinados conceitos ou palavras em português e inclusivamente noutras línguas como o inglês; em outros, estão mais dirigidos a estabelecer pautas de comportamento ou moral da história mediante a representação de situações fictícias com a semelhança suficiente a situações reais.

    Noutros casos, simplesmente são contos de aventuras que levam a criança a um mundo de fantasia do qual não se despertarão por um tempo.

  7. Contos inventados.

  8. Os contos clássicoscostumam ter uma qualidade extraordinária, tanto literária como de conteúdo. Poralguma razão são clássicos ou tradicionais!

    Desde logo, cada criança é um mundo, mas a minha experiência diz-me que o elemento mais importante não é a qualidade técnica, mas sim o amor que consegue transmitir.

    Não quero dizer que não haja que contar contos tradicionais, já que muitos são realmente bons, mas sim que se podem complementar com contos inventados mais próximos aos meninos e às meninas, fazendo que estes valorizem e possam solicitar um ou outro tipo na hora de ir dormir.

  9. Contos personalizados.

  10. Outra característica relevante é a apresentação de ideias próximas à vida real das crianças e do seu mundo, ajudando-os no desenvolvimento do seu estado evolutivo, tanto emocional como cognitivo.

    As crianças agradecem a atenção e cuidado que se lhes presta e percebem a diferença entre os contos tradicionais e os contos inventados personalizados, ainda que seja vagamente e de forma progressiva.

    Para configurar um conto personalizado deve-se analisar o problema ou situação que se coloca na vida da criança, deve-se ter refletido e ideado uma trama para o novo conto; ou seja, uma dedicação de tempo e esforço de que os meninos ou meninas não terão consciência.

    Por isso uma recomendação saudável é adaptar algo tanto nos contos clássicos como inventados aqui apresentados à situação real como idade, sexo, número de irmãos e outros elementos relevantes no mundo infantil que podem ser facilmente personalizados.

    Uma das vantagens dos contos personalizados é que, ao facilitar a auto-identificação, as mensagens ou morais da história chegam com muita intensidade.

    Um conto personalizado não significa que o protagonista tenha que ter o mesmo nome que o menino ou menina, nem sequer têm que ser meninos ou meninas os protagonistas.

    Outro elemento importante é não fazer uma personalização explícita contrária à natural, ou seja, há que facilitar que a fantasia dos meninos e meninas complete a identificação com plena liberdade.

  11. Histórias verdadeiras.

  12. Normalmente, as imagens dos contos em linha correspondem às personagens ou elementos das histórias verdadeiras. As imagens são fotos ainda que em ocasiões estejam tratadas para que pareçam desenhos.

    Nos relatos baseados em histórias verdadeiras é bom realizar o processo contrário ao dos contos personalizados.

    Os meninos e meninas pequenos sentem-se potentes e inteligentes por entender as mensagens e as relações do conto com o mundo real. Por essa oportunidade que lhes proporcionam estes contos sobre a vida sentem-se agradecidos e têm uma tendência natural a devolver o favor seguindo a moral, sempre que seja razoável, claro.

    Há um tipo de relato que considero especialmente emotivo, trata-se da própria infância de quem relata o conto.

    Não apenas são recordações de amor e situações especiais próprias mas também, pelos mecanismos da memória, são episódios que por uma causa ou outra representam elementos importantes na vida de uma criança. Por esta característica é muito possível que os relatos impactem na mente das crianças.

    Outro benefício acrescido é que o pequeno conhece mais a pessoa sem a referência pessoal; não há por que dizer-lhe a origem do conto de forma a que se obtém uma opinião mais objetiva. Mais: é bonito deixar que o descubra no momento certo.

  13. Fábula ou contos com moral da história.

  14. Para estimular a fantasia dos meninos e meninas, educar sobre a natureza e evitar uma mensagem ou moral da história demasiado direta, pode-se dar-lhes o formato de fábula ou relato com animais falando.

 

 
 »    © 2007 Todos os direitos reservados