Molwickpedia online
 

María José T. Molina

TGECV

TEORIA GERAL DA EVOLUÇÃO
CONDICIONADA DA VIDA

Definição de evolução

O conceito de evolução como dinâmica interna tanto a curto prazo como em longo prazo. Comentários sobre a definição de evolução no dicionário.

II. O CONCEITO DE EVOLUÇÃO, VIDA E SISTEMAS DE IMPULSO VITAL

II.1. Definição de evolução

Se nos perguntamos O que é a evolução? Uma boa ideia será consultar um dicionário. O Dicionário Geral da Língua Portuguesa dá-nos as seguintes definições do vocábulo evolução:

  1. Ação de desenvolver ou de transformar as coisas passando gradualmente de um estado a outro: a ~ das espécies; a ~ de uma teoria, de uma política.O conceito de evolução como dinâmica interna tanto a curto prazo como em longo prazo. Comentários sobre a definição de evolução no dicionário.

  2. Efeito de desenvolver ou de transformar as coisas passando gradualmente de um estado a outro.

  3. p.ext. Movimento, mudança ou transformação, em geral: as evoluções de uma dança.

  4. Movimento, mudança de formação de tropas ou navios, com fins defensivos ou ofensivos.

  5. Mudança de conduta, de propósito ou de atitude.

  6. BIOL. – Derivação das espécies de organismos vivos, de outras já existentes, através de um processo de mudança mais ou menos gradual e contínuo.

  7. FIL. Hipóteses que pretende explicar todos os fenômenos por transformações sucessivas de uma só realidade primeira.

Fazendo um comentário crítico destas definições de evolução podem realizar-se várias observações.

A caracterização principal da ação de desenvolver-se ou de transformar-se das coisas de um estado a outro é a passagem gradual, se fosse rápido ou acelerado entraríamos no conceito de revolução.

A segunda observação é que o conceito de evolução tem duas acepções principais, a do ponto 1) “ação de desenvolver ou de transformar as coisas passando gradualmente de um estado a outro” e a do ponto 2) “efeito de...” A primeira refere-se à dinâmica interna das coisas, que faz com que se desenvolvam ou transformem, em definitiva o seu próprio desenvolvimento. A segunda parece estar relacionada com a sua aparência externa, que não é outra coisa do que o efeito ou consequência da evolução interna e a percepção externa da mesma.

Esfinge de Egito
(2620 a.C.) Museu do Louvre  Esfinge de Egito 2620 a.C.

Juntamente com as duas acepções principias ou gerais, evolução interna e externa, encontramos outras acepções particulares. No ponto 6) faz-se uma especial menção à evolução biológica. Esta definição de evolução não acrescenta nada especial; exceto que, pela dinâmica normal da evolução das espécies, está limitando o conceito, para o âmbito citado, a longo prazo. Explicitamente está a dar-nos o conceito derivado da Teoria darwinista e as suas adaptações posteriores, ou seja, um tipo particular do conceito de evolução a que se refere o ponto 2)

Entendendo o citado ponto 2) como um efeito interno, a definição de evolução do ponto 6) que estamos analisando continuaria utilizando-o como de efeito externo.

Por sua vez, o ponto 7) define a base filosófica sobre a que descansa a mencionada teoria e a origem da vida.

Em conclusão, o conceito de evolução em biologia é diferente dos dois conceitos genéricos de evolução, sendo uma variante do conceito de evolução como percepção externa das mudanças ou transformações por limitar-se ao longo prazo.

Para a Teoria Geral da Evolução Condicionada da Vida, o conceito de evolução corresponde à acepção da sua dinâmica interna tanto a curto como em longo prazo, sendo a evolução em longo prazo a soma das mudanças não já a curto prazo, mas sem em cada geração.

Em seguida vamos expor as consequências de uma abordagem ou outra da evolução.

 

© 2000 Todos os direitos reservados