1.c) Princípios de física da Mecânica Global

Um modelo físico é um conjunto de abstrações mentais para representar a realidade material e as relações que determinam a sua variação ao longo do tempo. Em todos os modelos existirão princípios físicos subjacentes de caráter geral e que terão uma natureza mista de filosofia e ciência.

No livro sobre o Método Científico Global dedicou-se um apartado à Metodologia de investigação científica na Física Moderna, em que se criticam os princípios físicos tanto da Teoria da Relatividade como da Mecânica Quântica e das teorias que tentam compatibilizá-las acrescentando dimensões matemáticas ou físicas.

Por outras palavras, no referido livro assinalam-se os princípios de física proibidos, que poderiam permitir a existência de:

  • Múltiplas realidades simultâneas.
  • Realidades com mais de três dimensões físicas.
  • Definições recursivas, como o volume variável do espaço ou da velocidade do próprio tempo.
  • Causa-efeito e efeito-causa simultâneo.
  • Coisas ou energias negativas.
  • Coisas ou energias que surgem do nada ou desaparecem totalmente.
  • Forças mágicas ou forças à distância.

No apartado sobre Física Global do livro da Dinâmica Global citam-se três princípios de física de natureza filosófica ou epistemológica que, pela sua importância, repito em seguida:

  • A realidade física não depende do observador, apenas a sua percepção e a sua descrição.

  • O tempo é relativo do ponto de vista subjetivo da vida, mas este aspecto é irrelevante no âmbito da física objetiva ou convencional.

  • Uma teoria científica é boa se é útil, mas é muito melhor se, depois de entendida, também tem senso comum.

Convém fazer uma breve apresentação dos princípios físicos da Mecânica Global tendo em conta a grande diferença que existe em relação aos princípios de física das teorias geralmente aceites na atualidade, como a Teoria da Relatividade e a Mecânica Quântica.

Reunindo as ideias anteriores sobre os princípios físicos que regem a Física Global, podemos resumi-los nos grupos seguintes:

  • Princípios de física derivados da filosofia da ciência.
    • Utilidade.
    • Simplicidade.
    • Lógica ou senso comum.
  • Princípios de física derivados da Lógica Global.
    • Espaço euclidiano.
    • Tempo absoluto.
    • Natureza mecânica.
  • Princípios de física por observação e hipótese intuitiva.
    • Unicidade da matéria
    • Rede tridimensional inquebrável.
    • Elasticidade da matéria.

Os dois primeiros grupos de princípios de física supõem um regresso aos clássicos conceitos de espaço e tempo por um lado e, por outro, o regresso à filosofia do método científico que necessita tanto da utilidade das teorias físicas como do seu senso comum.

O terceiro grupo de princípios de física introduz a natureza da matéria no modelo elástico da Mecânica Global. Este novo modelo é uma revisão do anterior modelo semi-rígido da Mecânica Global de Abril de 2008.

A mudança do modelo elástico em abril de 2009 deve-se a que supõe uma grande simplificação em relação ao anterior. Na verdade, a única mudança significativa foi definir a rede tridimensional como inquebrável para explicar melhor a conservação da energia no universo, o que obrigou a redefinir os mecanismos concretos do movimento, a energia cinética e a energia potencial.

Unicidade da matéria Rede inquebrável da matéria
Rede inquebrável da matéria

As características do novo modelo físico proposto pela Mecânica Global são muito diferentes às da Física Quântica. Não obstante, eu acho que são bastante complementares e que as características da Mecânica Global têm uma função de filtro dos desvios excessivos da lógica científica que sofre a Física de Partículas Elementares.

Mudando de perspectiva, entre as características do modelo físico da Mecânica Global podemos citar as seguintes:

  • Modelo intuitivo com pretensão científica, pois é verificável empiricamente.

  • Propostas muito genéricas e altamente imprecisas.

  • Alta probabilidade de conter algum erro significativo.

  • Espero que contribua com algum acerto tão relevante que implique uma mudança de paradigma da Física atual.

  • Modelo totalmente renormalizável para permitir o seu desenvolvimento e evolução.

  • Incompleto, pois não se pode fazer tudo de uma vez.

Entre as experiências científicas mais conhecidas que explicam razoavelmente a Mecânica Global podemos citar a experiência da dupla ranhura sobre a natureza dual da luz e a experiência de efeito túnel sobre as propriedades dos elétrons. Mas sem dúvida a mais inovadora é a experiência GigaChron.

[ G * g = c² * h * R * n ]

Esta igualdade matemática dá lugar à equação fundamental da Física Global.

Lei Gravitacional de Equivalência
g = [ c² * h * R / G ] * n

g = [ E c/ G ] * n

E a sua equação alternativa:

g = [ m c3/ G ] * n

Portanto, pediria ao leitor que não procure erros, mas sim acertos, mas tendo cuidado com os erros que possam existir. Também é certo que a terminologia utilizada não será tão consistente como gostaria, pela implicação técnica subjacente e por falta de sistematização da Mecânica Global, dada a sua curta idade.

 

 

* * *